Tudo sobre o

Cartão Pré-pago RecargaPay

  • Anuidade:
  • Renda mensal mínima:
  • Tipo de cartão: Pré-pago
Veja os principais

Detalhes do seu cartão

Renda mínima necessária
Tipo de cartão
Primeira anuidade
Bandeira
Demais anuidades
Juros rotativos mensais
Limite de crédito
card-140.png

Cartão Pré-pago RecargaPay

Solicite agora mesmo
RecargaPay é uma das maiores carteiras digitais de pagamentos para uso pessoal e para seu negócio do Brasil e líder no segmento de recargas por aplicativos. Em agosto de 2018, a empresa alcançou 10 milhões de downloads na loja de aplicativos Android, se tornando a primeira FinTech brasileira a conseguir este feito.
  • Necessário obter um Smartphone que comporte o aplicativo RecargaPay
  • Cartão internacional: utilize seu cartão em qualquer lugar do mundo;
  • Ampla cobertura com a bandeira Mastercard;
  • Tenha acesso aos benefícios do Mastercard Surpreenda.
  • Não fornece cartões adicionais;
  • Não há programa de pontos com descontos em empresas parceiras.
Programa de pontos
Mastercard Surpreenda
  • Cadastre seu cartão e ganhe 1 ponto toda vez que usar, independente do valor da compra
  • A partir de 5 pontos, você pode comprar um produto e levar outro

Uma alternativa para você

O único banco brasileiro que oferece cartão de crédito e conta digital internacional de forma gratuita
file-142336202011195fb6aa182a893.webp

BS2

  • Anuidade:
  • Renda mensal mínima: Não exigida
  • Tipo de cartão: Internacional

Análise completa do Cartão Pré-pago RecargaPay

O cartão Pré-Pago Recarga Pay é uma das ferramentas mais importantes disponibilizadas pela Recarga Pay, já que é uma opção interessante para clientes que não possuem outro cartão de crédito. Contudo, o saldo disponível no cartão é distinto do valor disponível na carteira virtual do usuário.

O que é Cartão Pré-Pago Recarga Pay?

O Cartão Pré-Pago Recarga Pay é uma alternativa para os cartões de crédito tradicionais, já que ele usa o saldo depositado nele para efetuar as transações pretendidas pelo usuário, não necessitando, por isso, de uma análise de crédito e liberação.

Ao usar a bandeira Mastercard, o pré-pago da Recarga Pay é aceito em praticamente todos os estabelecimentos comerciais e, como o limite dele é definido pelo saldo disponível, você pode ter um controle mais eficiente dos seus gastos e das suas finanças.

Cartão pré-pago versus cartão de crédito

Basicamente, o cartão pré-pago irá exigir que você coloque “créditos” para que ele funcione, isto é, você precisa ter saldo disponível para efetuar uma transação e, por isso, se assemelha, por exemplo, a um cartão de débito. Nesse caso, o risco para a plataforma financeira é zero, já que ela não precisa se preocupar com os seus gastos e não há, por exemplo, casos de inadimplência. Para o cliente, no entanto, não é uma boa opção, já que não há crédito disponível, exceto aquele que o usuário coloca no app, e não é possível, por exemplo, fazer compras parceladas.

Por outro lado, o cartão de crédito tradicional disponibiliza um limite de crédito para o usuário, dependendo, é claro, de uma análise financeira proposta pelo agente financeiro, garantindo a possibilidade de compras parceladas e prazos de pagamentos que podem chegar a 45 dias após a compra.

Para quem é o Cartão Pré-Pago Recarga Pay?

Se a obtenção de crédito e a aprovação financeira do usuário for um problema, o cartão pré-pago Recarga Pay é uma excelente alternativa, já que não exige nenhuma contrapartida do cliente, que necessita apenas depositar o valor que pretende gastar no cartão.

Além disso, caso seja possível obter um novo cartão de crédito, nota-se que alguns clientes podem preferir o cartão pré-pago, já que a sua utilização faz com que o usuário não precise sair com dinheiro vivo para a rua e, ao mesmo tempo, tenha controle sobre os seus gastos, uma vez que ele só poderá gastar até o limite disponível na sua conta.

Outra vantagem do cartão é o sistema de cashback, isto é, o retorno de uma porcentagem do dinheiro gasto para a fatura do cartão – o valor do cashback é, no caso de clientes Prime e Prime+ do Recarga Pay, 1% do valor gasto.

Logo, por exemplo, uma compra de R$ 1.000,00 irá gerar um retorno de R$ 10,00 para o consumidor em sua fatura, valor que, embora pequeno, pode gerar uma boa economia.

Vantagens do Pré-Pago Recarga Pay

A solicitação do Pré-Pago Recarga Pay é gratuita e dispensa uma análise de crédito, o que, na prática, garante o recebimento por qualquer consumidor que deseje um cartão pré-pago.

Se a facilidade no momento da obtenção do cartão é visível, a segurança que o cartão pré-pago propicia é um benefício mais evidente, já que andar com dinheiro na rua, levando em consideração os índices de criminalidade na maioria das cidades brasileiras, é muito perigoso e, nesse caso, o cartão pré-pago pode ser uma solução para a insegurança que muitos vivem.

Note, ainda, que o Cartão Pré-Pago Recarga Pay é emitido com a bandeira Mastercard, sendo este, portanto, um cartão que será aceito por praticamente todos os estabelecimentos comerciais no Brasil.

Como já mencionado, o cashback é um grande benefício do cartão pré-pago Recarga Pay, já que o retorno de 1% do valor gasto pode representar uma economia no final do mês, mas, no entanto, os requisitos para o serviço podem ser um problema e, por isso, vamos falar deles logo em seguida.

Pontos negativos do Pré-Pago Recarga Pay

Se há uma grande facilidade para receber o Cartão Pré-Pago Recarga Pay, há, no entanto, inúmeros pontos negativos sobre o seu funcionamento, seja pelo valor de cashback, seja pela indisponibilidade de vantagens e programas de relacionamento, por exemplo.

alt text

Primeiramente, o valor de cashback, 1% do valor das compras, é, a princípio, um valor baixo, comparado com outras plataformas, como o PicPay e a Méliuz, por exemplo, nos quais os valores ficam entre 0,8% e 5% dos valores de compra. Além disso, o Pré-Pago só disponibiliza 1% do seu dinheiro de volta caso você assine o Prime e o Prime+ na plataforma, representando, nesse movimento, um gasto mensal de R$ 14,99 – ou seja, um valor alto para o baixo retorno proposto pela plataforma financeira.

O cartão pré-pago é, ainda, dividido em duas modalidades: virtual e físico. No primeiro caso, pode-se usar o cartão em transações online; já, no segundo caso, o cartão físico só é disponibilizado mediante o pagamento do serviço Prime, o que já é outro ponto questionável acerca do Pré-Pago Recarga Pay. Logo, levando em consideração os concorrentes do Recarga Pay, PicPay e Mercado Pago, por exemplo, o Cartão Pré-Pago Recarga Pay não é uma das melhores opções do mercado.

Além disso, em segundo lugar, o Pré-Pago Recarga Pay não participa de nenhum programa de recompensas e não é, desse modo, indicado para usuários que busquem ganhar milhas e/ou pontos para compras futuras.

Recarga Pay & Cartão Pré-Pago Recarga Pay

Semelhantemente ao PicPay Card, cartão disponibilizado pela concorrente do Recarga Pay, o Pré-Pago Recarga Pay é uma extensão dos serviços disponibilizados pela fintech, que, após o seu surgimento, em 2010, com ênfase nos serviços de recarga e, posteriormente, de pagamento de contas e transações digitais, iniciou, em 2018, a emissão do Cartão Pré-Pago Recarga Pay.

A emissão dos cartões é feita com a bandeira Mastercard e, por isso, consiste em um cartão aceito em inúmeros estabelecimentos comerciais físicos e lojas virtuais, podendo ser controlado por meio do app do Recarga Pay, o que garante a fácil visualização do saldo disponível e o contato com a plataforma para resolução de outros solicitações.

Organização financeira e segurança

Caso o Cartão Pré-Pago Recarga Pay seja a sua única opção, note que ele pode representar uma forma de educação financeira para você e para as pessoas com quem você convive, uma vez que o seu gasto será limitado ao saldo disponível no seu cartão.

Embora o pagamento do Prime e Prime+ seja um ponto negativo, observe que, dependendo do seu gasto financeiro, o cashback ainda pode valer a pena e gerar, no fim do mês, uma boa economia para você. Logo, desconsiderando os valores gastos mensalmente e levando em consideração a sua disponibilidade financeira, avalie o consumo mensal e veja se vale a pena pagar o serviço para obter o cashback de 1% do valor das suas compras.

Por fim, o cartão pré-pago, como já mencionado, pode ser uma boa alternativa de segurança para o seu dinheiro, já que o gasto feito no cartão é limitado ao saldo disponível e, como você levará apenas um dinheiro de plástico, não há a possibilidade de você perder o dinheiro na rua, ou ser vítima de algum crime.

Portanto, optar pelo cartão Pré-Pago Recarga Pay não é a melhor alternativa para os clientes, que devem, a princípio, buscar um cartão de crédito, ainda que mais simples e com menos benefícios, para o uso pessoal. Há, atualmente, inúmeras fintechs, Nubank e Digio, por exemplo, que disponibilizam um cartão de crédito, mesmo com limite baixo, caso o seu score de crédito não seja tão alto, e são, nesse caso, alternativas mais interessantes para o usuário que busca um cartão de crédito.

Logo, o cartão Pré-Pago Recarga Pay é uma opção viável apenas para clientes que estejam, no momento, negativados e não consigam outra aprovação. Note, ainda, que o seu uso pode ser uma oportunidade para a organização financeira do usuário, que, podendo gastar somente o valor depositado, terá que avaliar as suas necessidades de consumo e irá, assim, controlar as suas finanças.